Início Política Convite Para Reuniões Ordinárias Da Câmara Municipal De Nanuque

Convite Para Reuniões Ordinárias Da Câmara Municipal De Nanuque

122
0

A Câmara de vereadores de Nanuque, convida a todos os moradores , para suas reuniões ordinárias que ocorrem toda 2ª feira, a partir das 18h.

 

Qual a importância da Câmara de Vereadores para o município?

A Câmara é o local mais importante de atuação dos vereadores, pois é onde exercem o papel de legisladores e de fiscalizadores da Administração Municipal. O poder de cada vereador, no entanto, é exercido nos limites da sua Câmara e de acordo com as leis que a criaram e que a organizam.
A Câmara Municipal é o Poder Legislativo da cidade, um órgão público onde atuam osvereadores e vereadoras eleitos pelo povo, que têm como funções principais elaborar as leis, fiscalizar os trabalhos do Poder Executivo (Prefeitura) e sugerir ações e melhorias para a cidade.

Pode ser uma imagem de 1 pessoa, em pé, ao ar livre e texto que diz “SESSÃO ORDINÁRIA HOJE AO VIVO Acompanhe ao vivo pelos canais f facebook.com/cmnnanuque camarananuque.mg.gov.br

 

às 18h CÂMARA MUNICIPAL NANUQUE ESTADO DE MINAS GERAIS”

O QUE ESTÁ ACONTECENDO NA CÂMARA E TODOS PRECISAM SABER:

 

Justiça anula acordo entre Município de Nanuque e Copasa

Do pedido

A Câmara Municipal de Nanuque pleiteou a anulação e desconstituição da sentença homologatória do acordo judicial celebrado em 18 de dezembro de 2018 entre a COPASA e o Município de Nanuque, nos autos da Execução Fiscal nº 0043892-68.2011.8.13.0443, no valor de R$ 82.132.350,94 (oitenta e dois milhões cento e trinta e dois mil trezentos e cinquenta reais noventa e quatro centavos). O pedido foi julgado procedente com a determinação da anulação do referido acordo.
Da sentença

Na sentença, foi invocado o art. 32, inciso XIV da Lei Orgânica, que diz que compete privativamente à Câmara Municipal a autorização na realização de acordos externos de qualquer natureza, de interesse do Município.
O Juiz ponderou que o ato de remissão de dívida constitui renúncia de receita, sobretudo porque firmada em certidão de dívida ativa, título executivo que determina a presunção de certeza e liquidez do valor devido.
O Juiz destacou a evidência da irrazoabilidade e ilegalidade dos termos acordados pelo Município de Nanuque e a COPASA e a clara falta de zelo ao interesse público e tutela do erário municipal.

Conclui-se assim, que tal acordo foi considerado ilegal, desproporcional e negligente, pois celebrado sem autorização ou participação da Câmara Municipal, com grande desequilíbrio em desfavor do Município, com renúncia de receita, em clara desobediência à Lei de Responsabilidade Fiscal.
José Osvaldo Lima dos Santos – Presidente da Câmara Municipal de Nanuque

“Acertada e de muita sapiência a sentença do Meritíssimo Juiz da 1ª Vara Cível da Comarca de Nanuque, Dr. Thales Flores Taipina, que determinou a anulação do citado acordo”, ressaltou José Osvaldo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui